Intermodal Digital faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Porto de destino na importação: o que avaliar para escolher corretamente?

Porto de destino na importação.jpeg
Saiba a importância da escolha adequada de um porto de destino para operações de importação marítima e os benefícios que isso traz aos seus negócios

Primeiramente, se você está cogitando realizar uma importação marítima e uma das dúvidas que surgiu foi o que avaliar para escolher o porto de destino, saiba que você está no caminho certo para adentrar no mundo mágico da importação.

Essa pergunta é importantíssima e te ajudará a enxergar com clareza os custos, os prós e contras, bem como tudo o que diz respeito ao atendimento do prazo estipulado para a entrega da sua carga, ajudando assim a definir seu porto.

Vamos fazer um breve resumo para que você possa anotar em seu caderninho algumas informações que serão úteis para encontrar o seu porto de destino e receber sua mercadoria com toda a segurança que você procura.

Por que a escolha do porto de destino na importação é importante?

Quando ouvimos sobre importação sempre associamos à palavra burocracia. Entretanto, para que a carga chegue em segurança e dentro dos conformes em seu destino, é importante que tudo o que envolve essa operação seja estudado antecipadamente. Por esse motivo, mesmo que involuntariamente, fazemos essa conexão, pois sabemos que há regras e etapas a serem seguidas.

Dito isso, vale reiterar que um ponto fundamental é a escolha do porto de destino, porque isso irá englobar as funcionalidades e a eficiência dos serviços prestados no porto. Isso trará para você, importador, mais conforto e segurança para realizar as suas operações, sem falar na economia de custos, sejam com armazenagem, frete rodoviário, entre outros.

O que avaliar na escolha do seu porto de destino na importação?

Nas operações de importações marítimas é importantíssimo que, para a escolha do porto de destino, alguns quesitos sejam avaliados detalhadamente. Assim será possível evitar custos extras que, até então, não estavam previstos e realizar toda a operação dentro do prazo acordado.

Com o passar do tempo, à medida que se adquire mais experiência, aprendemos que, no Comércio Exterior, tempo é dinheiro. Portanto, há alguns fatores que nos ajudam na hora de escolher o porto de destino na importação. São eles: 

Localidade 

Considerar a localidade do porto e qual a sua distância até o armazém em que a carga será entregue, após liberada pela alfândega, é um dos pontos principais.

Escolher um porto extremamente longe de onde a carga será entregue e gastar uma “pequena” fortuna com o transporte rodoviário, ocorrendo inclusive o risco de um sinistro, pode não ser uma boa ideia de economia.

Além de ter que explicar, minuciosamente, para a seguradora o ocorrido, ter que apresentar toda a documentação necessária, assim como esperar o tempo de análise, há chances de não ser reembolsado dos prejuízos, dependendo do que foi negociado com a corretora de seguros, sem contar a enorme dor de cabeça.

Caso o importador opte por desembaraçar a carga no porto de outro estado, visando uma melhor alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação), ele também deve incluir na pesquisa os custos de transportadoras com base no tempo, distância e o tipo da carga que será transportada. Importante lembrar que cargas perecíveis, por exemplo, correm mais risco de sofrerem alguma avaria durante o trânsito.

Estrutura do Porto de Destino

A estrutura do porto e a agilidade para lidar com os trâmites da importação é outro fator a ser levado em consideração. É necessário verificar de antemão se conseguem realizar o descarregamento, a movimentação e o carregamento após o desembaraço da carga com rapidez e qualidade.

Dessa forma, custos como a demurrage e o alto valor da armazenagem poderão ser evitados.

Outro aspecto é a questão da disponibilidade de guindastes e equipamentos apropriados para cargas Breakbulk (cargas em geral e soltas/sem paletização). O porto também deve ter estrutura para trabalhar com esse tipo de carga sem perder eficiência e agilidade.

Esses pontos são cruciais, pois temos visto ao longo do tempo um aumento na demanda dos portos, então quanto melhor e mais moderna a estrutura, mais rápido as cargas serão recebidas e retiradas, e melhor será o atendimento aos importadores.

Serviços

Dependendo do tipo da carga importada é possível que sejam necessários cuidados especiais, além dos normais que já conhecemos.

Esses serviços podem incluir:

  • Posicionamento para a inspeção física de algum órgão anuente;
  • Emissão de certificados;
  • Armazenagem especial;
  • Refrigeração;

Entre outros...

Esse também deve ser um ponto a ser avaliado na escolha de um porto, pois quanto mais serviços forem disponibilizados, melhor e mais rapidamente sua carga será tratada.

Armadores e Rotas Contempladas

Para realizar a operação de importação existe uma variedade de armadores disponíveis, sendo assim interessante que o importador utilize mais de um.

Isso permite um melhor controle dos valores, sem contar a possibilidade de rotas que cada um utilizará para cada embarque - o que faz uma enorme diferença no custo e no tempo que a carga levará para chegar ao seu porto de destino.

Não podemos esquecer que é de extrema importância também verificar se o armador atende a rota do porto de origem e de destino que você objetiva usar.

Já pensou sua carga ser descarregada em um porto que você não estava esperando e ele não estar preparado para trabalhar com o tipo de carga que você importou? Por isso essa análise se faz muito necessária, evitando mais uma grande dor de cabeça.

Valores Cobrados

Os valores que serão cobrados e quais serviços serão utilizados variam de porto a porto. Por isso, antes de iniciar sua operação de importação é imprescindível que você realize um levantamento dos prós e contras de toda a operação, principalmente ao definir em qual porto de destino será o desembaraço da carga.

Sempre leve em consideração a infraestrutura do porto, os valores envolvidos na operação e a tributação que será atribuída ao processo.

Se ainda possuir dúvidas, contate a Cespede Consultoria. Estamos a postos e prontos para dar mais esclarecimentos e auxiliá-los com sua escolha.

* Priscila Cespede é fundadora da Cespede Consultoria, startup de consultoria em logística internacional - https://cespedeconsultoria.com.br

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar