Intermodal Digital faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Segurança do trabalho na logística

Segurança do trabalho na logística.jpeg
A segurança do trabalho é um setor que assiste e cuida dos colaboradores, para que tenham uma melhor qualidade de vida em seu trabalho. Confira!

Os números de acidentes de trabalho no Brasil crescem diariamente, e o país amarga hoje a quarta posição no ranking mundial de nações com mais acidentes laborais, registrando cerca de 700 mil casos a cada novo ano. Apesar dos índices altíssimos, a segurança do trabalho na logística recebe ainda pouca atenção.

Para esclarecer mais do tema entrevistamos o diretor Comercial e de Marketing da Jamef, Paulo Nogueirão, sobre a importância da segurança do trabalho na logística. Confira!

A importância da segurança do trabalho na logística

A segurança do trabalho na logística faz parte da área de Segurança, Meio Ambiente e Saúde (SMS). De acordo com Paulo Nogueirão, ela é fundamental para garantir a saúde do profissional que trabalha na área.

“A segurança do trabalho é um setor que assiste e cuida dos colaboradores, para que tenham uma melhor qualidade de vida em seu trabalho, garantindo um bem-estar, no qual é fundamental fazer a prevenção, para que não tenham acidentes e doenças do trabalho, alcançando melhores resultados”, destaca o especialista.

As normas regulatórias de segurança na logística

Existem algumas normas que são fundamentais para que se tenha uma boa segurança do trabalho na logística. A seguir, comentaremos brevemente sobre as principais delas.

ABNT NBR ISO 28004-1:2013

A segurança do trabalho na logística possui uma norma regulatória específica, a NBR ISO 28004-1:2013. Nogueirão explica mais sobre ela e o funcionamento integrado a outras normas que impactam diretamente na qualidade e no meio ambiente. Em suas palavras: 

“Esta norma especifica os requisitos para um sistema de gestão de segurança, incluindo aspectos fundamentais que garantem a segurança da cadeia logística, vinculada a diversos aspectos da administração de negócios e que impactam na segurança logística. Ela foi desenvolvida em resposta à necessidade para que sistemas de gestão de segurança possam ser avaliados e certificados. A NBR ISO 28000 é compatível com as normas de sistemas de gestão NBR ISO 9001 (Qualidade) e a ABNT NBR ISO 14001: 2004 (Ambiental), facilitando a integração dos sistemas de gestão da qualidade, meio ambiente e cadeia logística pelas organizações, caso elas assim desejem”. 

Os EPIs e EPCs na logística

De acordo com Nogueirão, o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e de Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs) é essencial para a realização do trabalho diário. Ele destaca os principais:

“Entre os mais importantes estão as luvas e sapatos de segurança, que são essenciais, além de capacetes e coletes refletivos que são necessários para a proteção dos membros superiores e inferiores, corrigindo posturas inadequadas e servindo de chamariz visual em um ambiente com movimentação de veículos. Os protetores auriculares também são importantes para aqueles que trabalham nos centros de distribuição”.

Cuidados com a segurança na carga e descarga

Assim como todos os demais setores da empresa, a parte de carga e descarga também precisa de atenção quanto à segurança do trabalho. Nogueirão exemplifica comentando sobre como esse trabalho é realizado na Jamef.

“Visando as melhores condições da carga e descarga, os terminais possuem painéis com simbologias que servem de orientações para manuseio de vários tipos de mercadorias, além de monitoramento e tecnologia de ponta para assegurar a integridade física e psicológica de nossos condutores”, explica.

Protocolos de segurança interna da logística

Há protocolos que devem ser sempre seguidos na logística interna das empresas. Nogueirão apresentou alguns dos mais importantes. Veja!

Revisão de equipamentos

Nogueirão enfatiza a importância dos protocolos de segurança interna da logística, como a revisão de equipamentos. Ele fala sobre o programa PAZ (Programa de Acidente Zero), da empresa onde atua, como exemplo deste tipo de ação.

“Na Jamef, desenvolvemos o programa PAZ, onde seguimos integralmente os procedimentos de segurança e prevenção de acidentes em todos os níveis de execução, da coleta até a entrega. São centenas de pontos de check-in diários e monitoramento de nossos procedimentos que são de suma importância para a padronização da linguagem e cultura prevencionista a nível Brasil, seguidos pelos mais de 3 mil funcionários da companhia diariamente”, detalha.

Treinamento de segurança das equipes de logística

O grande desafio no setor de logística, segundo Nogueirão, está em realizar um trabalho que atinja todos os colaboradores do setor, envolvendo treinamentos especializados que visem mitigar os riscos no ambiente de trabalho logístico. 

A segurança do trabalho na logística é de suma importância para os três personagens principais deste processo: as pessoas, as cargas e as estradas. 

Sem dúvida, esse é um assunto que interessa muito a quem trabalha no campo logístico. Para continuar se informando, baixe agora o nosso white paper sobre as habilidades do profissional de logística!

Inscreva-se no Intermodal Digital Series - Intralogística e confira as melhores práticas na digitalização da cadeia de suprimentos, logística reversa, armazenagem e estoque entre outros assuntos que norteiam o dia a dia das empresas do setor!

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar