Intermodal Digital faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Monitoramento e prevenção de acidentes nas rodovias

Monitoramento e prevenção de acidentes nas rodovias.jpg
As novas tecnologias têm contribuído muito para o monitoramento e a prevenção de acidentes rodoviários. Veja como aproveitá-las!

Você sabia que, no ano passado, foram registradas 632.764 ocorrências nas rodovias?

Tais dados foram informados pela Secretaria Nacional de Trânsito, numa reportagem do canal SBT. Os números são alarmantes e mostram a importância da prevenção de acidentes nas rodovias.

William Dantas, Chief Data & Analytics Officer da Kovi, startup de tecnologia que atua no mercado de mobilidade urbana, conversou conosco sobre o assunto. Confira!

A importância do monitoramento de acidentes nas rodovias

“Com o monitoramento das rodovias podemos fiscalizar irregularidades, controlar a movimentação dos veículos e, principalmente, acompanhar e prestar atendimento aos usuários em ocorrências de acidentes, atendendo às emergências e prestando socorro médico”, diz Dantas.

O especialista acredita que o monitoramento de acidentes é importante, principalmente, para reduzir as estatísticas de ocorrências no trânsito.

Ele também lembra que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), os acidentes de trânsito representam a terceira maior causa de falecimentos no mundo.

Tecnologias usadas para o monitoramento e prevenção de acidentes

Dantas nos comentou que, de forma geral, diversas tecnologias são aplicadas no monitoramento e prevenção de acidentes. São exemplos: 

  • sensores capazes de monitorar em tempo real o tráfego de veículos e pessoas;
  • semáforos inteligentes capazes de sincronizar com ambulâncias e hospitais como forma de priorizar a sua passagem;
  • emissores de alertas de congestionamentos;
  • GPS com sensor para identificar alagamentos e deslizes de terra;
  • etc.

O uso de câmeras, no entanto, na visão de Dantas, ainda é o meio mais comum para monitorar e prevenir acidentes.

Em suas palavras: “Provavelmente o mais comum é o monitoramento por câmeras, instaladas em locais estratégicos (com maior tráfego de veículos, potencialmente regiões com congestionamentos, paradas bruscas, incidência de acidentes) que permitem o controle remoto de longos trechos de vias, utilizando-se de rastreamento, vídeos inteligentes e aprendizagem de máquina para auxiliar no acompanhamento e segurança dos usuários”.

Exemplos de monitoramento e prevenção de acidentes no Brasil

Pedimos a Dantas que nos apresentasse exemplos de ações de monitoramento e prevenção de acidentes no Brasil.

Ele comentou que as principais rodovias de São Paulo contam com monitoramento em tempo real, 24 horas por dia, atendendo aos usuários que precisam de socorro.

Além disso, ele nos contou sobre como esse trabalho é realizado em sua empresa: 

“Com base no nosso DBS (nota de comportamento de direção, que indica a probabilidade de causar acidentes), podemos criar ações preventivas, alertando os nossos motoristas quanto ao seu comportamento, a sua exposição a acidentes e os custos envolvendo o carro”, exemplifica.

Ele prossegue: “Quando eles atingem um limite, retiramos os veículos, caso o comportamento de direção ruim/agressivo se mantenha por mais tempo, com o objetivo de reduzirmos as ocorrências e mortes no trânsito.”

Sua empresa já possui uma política clara para o monitoramento e prevenção de acidentes de trânsito? Pensar sobre isso é fundamental para evitar que os índices de ocorrências nas rodovias sigam tão alarmantes.

Continue se informando sobre o sistema rodoviário, baixe o e-book "Estradas para o futuro: O que o setor rodoviário prepara para o desenvolvimento da logística nacional segurança"

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro de Intermodal lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo revistas digitais, webinars, whitepapers e muito mais.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar