Intermodal Digital faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Os tipos de vagões ferroviários

Os tipos de vagões ferroviários
Quais são os tipos de vagões ferroviários que existem, e para que serve cada um deles?

O dia 25 de julho de 1814 marcou uma verdadeira revolução no mundo. Isso porque foi nessa data em que foi realizada a primeira viagem com tração a vapor em estrada de ferro. A façanha foi alcançada entre as cidades de Lilligwort e Hetton, na Inglaterra, quando o modelo desenvolvido por George Stephenson (1781-1848) transportou 30 toneladas de carga dividida em oito vagões.

Já a primeira viagem de trem com passageiros foi realizada no dia 27 de setembro de 1825, percorrendo os 51 km de distância entre as cidades inglesas de Stockton a Darlington, levando 600 pessoas e mais 60 toneladas de carga em seus vagões.

De lá pra cá, muita coisa mudou no mundo e também no setor ferroviário. Novos trens e vagões foram desenvolvidos, permitindo com que o transporte sobre trilhos se consolidasse como um dos mais importantes em todo o mundo. E o setor segue se revolucionando. Todos os anos novas otimizações para trens são criadas, e os vagões, parte importante do sistema, também não ficam de fora.

Mas, afinal, quais são os tipos de vagão ferroviário que existem, e para que serve cada um deles? Para entender mais do assunto, conversamos com José Manoel Ferreira Gonçalves, presidente da Ferrofrente – Frente Nacional pela Retomada das Ferrovias, que nos explicou mais sobre os diferentes tipos de vagão e suas funções.

Vamos conferir?

Baixe o e-book abaixo e aprenda mais sobre os vagões ferroviários!

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro de Intermodal lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo revistas digitais, webinars, whitepapers e muito mais.