Intermodal Digital faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

eletrificação.jpg

Como os combustíveis alternativos e a eletrificação podem ajudar no avanço do setor logístico

O uso de combustíveis alternativos e eletrificação já é mais que uma questão institucional. Entenda como isso pode fazer muita diferença para a sua logística.

Alinhar-se ao conceito de sustentabilidade hoje é muito mais que uma simples decisão institucional. Sustentabilidade vende e é fator de decisão para muitas pessoas. Na logística, ao utilizar combustíveis alternativos e eletrificação, você garante muito mais que uma boa imagem para a sua empresa e um mundo mais verde para todos. 

Embora ainda haja um longo caminho a ser desbravado, já é grande o número de empresas e governos que abraçam os combustíveis alternativos e a eletrificação como principais fontes de energia em suas operações logísticas. No Brasil, ainda "engatinhamos", mas de maneira cada vez mais incisiva.  

No intuito de debater esse assunto, conversamos com especialistas para entender como os combustíveis alternativos e a eletrificação podem ajudar no crescimento do setor logístico atual. Continue a leitura e confira agora mesmo! 

Leia mais: Entenda por que a ciclologística pode ser o caminho para o futuro 

Como a logística já se aproveita de combustíveis alternativos e eletrificação? 

Não há como negar que o setor logístico é custoso. Até por isso, um dos principais papeis dos gestores é buscar alternativas que diminuam os gastos sem afetar o desempenho produtivo — se a contenção vier acompanhada de otimização, melhor ainda. 

A utilização de combustíveis alternativos e eletrificação é mais uma opção nessa busca por equilíbrio. Existem fontes de energia que já conseguem ser aproveitadas de maneira inteligente dentro do setor logístico brasileiro. Como explica Milton Francisco dos Santos Júnior, presidente da eiON, start-up paranaense dedicada à produção de automóveis elétricos: 

"O Brasil já é destaque internacional pelo uso do etanol. A migração para a eletromobilidade fará com que tenhamos um destaque ainda maior, porque a eletricidade no país é majoritariamente proveniente de fontes limpas e renováveis", explica. 

Com muitas opções de combustíveis, as empresas têm maiores oportunidades de desenvolverem as suas operações de forma mais eficiente e menos custosa, o que traz consequências positivas para toda a cadeia logística. 

Um ótimo exemplo de possibilidade é a aplicação dos veículos híbridos, uma combinação de motor à combustão e motor elétrico ou a gás. Trata-se de uma alternativa econômica e sustentável já aplicada em escala mundial. 

Como as fontes alternativas de energia ajudam no setor? 

Como explicamos na introdução, sustentabilidade hoje é um fator decisivo para muitas pessoas e investidores. Ao primar por combustíveis alternativos e eletrificação, as empresas passam a contribuir com a diminuição de gases poluentes e se alinham com políticas ambientais. 

Mas não para por aí. Diretor da InoAr, empresa que desenvolve soluções para climatização e eficiência energética, Amarildo Inocêncio explica que o uso de fontes renováveis também diminui as chances de desastres ambientais:  

"A eletrificação da mobilidade rodoviária também ajuda na diminuição da logística de transporte de combustíveis líquidos, que muitas vezes é causa de desastres ambientais", observa ele. 

Em outras palavras, fontes alternativas ajudam o setor a ser mais sustentável. Por muito tempo, o segmento logístico esteve associado à poluição do meio ambiente, e isso pode mudar com a utilização de combustíveis que causam menor impacto, beneficando a todos, das empresas e profissionais da academia até os consumidores finais. 

Quais benefícios isso traz para toda a cadeia logística? 

O fato de não ser necessário deslocar combustíveis fósseis para abastecer caminhões e máquinas já é uma vantagem do investimento em fontes alternativas. Além disso, dentro de um cenário de motores elétricos, a logística passa a contar com maior eficiência energética e garantia de abastecimento contínuo. 

E claro: também há o fator do marketing positivo. Com tantas campanhas nas redes sociais e na mídia por um consumo mais consciente dos recursos globais, a empresa ou país que investe em combustíveis alternativos e eletrificação gera uma imagem positiva para o resto do mundo. 

O Brasil, por exemplo, recebe várias críticas em relação à maneira como gere a preservação da Amazônia. Certamente, um trabalho mais sustentável em um dos setores mais importantes para a economia do país cairia como uma luva para seu marketing. 

Em termos operacionais para as empresas, os benefícios são ainda mais significativos, como explica mais uma vez Inocêncio:  

"As alternativas energéticas e a utilização de combustíveis ecologicamente corretos de fontes renováveis trazem uma opção para a redução do custo operacional. Um veículo com motor a energia elétrica tem um custo sete vezes menor do que outro a combustão". 

E ele completa: "As empresas logísticas ou pessoas físicas podem ter a sua própria fonte de energia que abastece o empreendimento e o modal logístico. Essa mudança traz enormes vantagens competitivas e redução de custos a médio e longo prazo". 

O que ainda pode melhorar e quais são as tendências para o futuro? 

Apesar de uma grande movimentação mundial, é fato que a utilização de combustíveis sustentáveis e eletrificação ainda é uma iniciativa tímida, principalmente em nações do terceiro mundo. Sem dúvida, há muitas possibilidades de melhoria. 

Para que a prática ganhe força no Brasil, por exemplo, é necessária uma maior participação governamental, bem como mudanças na legislação que regem o setor elétrico e de infraestrutura, ajustando o país a conceitos mundiais. 

Assim também entende Santos Júnior, presidente da eiON: "Com mais ações do governo, permitiremos que empresas especializadas do setor de veículos de energia renovável ampliem a sua atuação e adequem o Brasil a uma necessidade atual e futura". 

Já Inocêncio é taxativo ao afirmar que a tendência para o futuro é a redução dos veículos que utilizam combustíveis fósseis:  

"A substituição dos veículos a combustão pelos elétricos está em curso. É a tendência mundial por questões ambientais e econômicas. Inevitavelmente, vivenciaremos uma disruptura para a eletrificação veicular nos próximos anos. A queda dos preços das baterias e dos próprios veículos elétricos são esperados ansiosamente para a popularização", aponta. 

Em suma, conceitos que antes eram vistos como pouco estratégicos hoje cumprem um papel essencial no mercado. Um bom gestor logístico deve estar atento a essas mudanças para não perder vantagem competitiva. Como explicado pelos especialistas, ao optar por combustíveis alternativos e eletrificação, a sua empresa pode economizar e melhorar a eficiência energética, trabalhando com mais autonomia e sustentabilidade. 

Gostou deste artigo? Então acompanhe a Intermodal South America nas redes sociais e confira nosso canal digital para conhecer mais informações úteis do setor. 

TAG: Modais
Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar