Intermodal Digital faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Principais avanços da tecnologia no setor portuário do Brasil

Tecnologia portuaria.jpeg
A internet das coisas (IoT) e aplicativos inteligentes são o que está despontando em termos de tecnologia nos portos brasileiros. Saiba mais!

O uso da tecnologia no setor portuário tem demonstrado um grande crescimento nos últimos anos, principalmente no que se refere ao aumento do escoamento de commodities agrícolas e minerais.

Por conta do uso de recursos tecnológicos, a produtividade nos portos aumentou, trazendo benefícios para quem utiliza desse meio para os negócios.

Para entender mais os principais avanços da tecnologia no setor portuário brasileiro, conversamos com o Sérgio Aquino. 

Ele é presidente da Federação Nacional das Operações Portuárias (FENOP) e fez um levantamento das informações transmitidas pelos profissionais que atuam na área de Tecnologia da Informação dos terminais portuários que integram a entidade.

Tecnologia no setor portuário: saiba o que está em alta no Brasil

Assim como ocorre em outras partes do mundo, a internet das coisas (IoT) e aplicativos inteligentes são o que está despontando em termos de tecnologia nos portos brasileiros.

Nas palavras de Aquino: “IoT e apps inteligentes são as maiores aplicações hoje para aumentar a visibilidade das operações e trazer ganhos de eficiência e nível de serviço ao cliente, assim como de segurança”.

O presidente da FENOP também acredita que com a chegada da conectividade 5G, ou similares, como a fluid mash, vão acertar essa curva de integração assim como diminuir os custos de investimento para automação.

A importância da conectividade no setor portuário

Para que o setor portuário se desenvolva de forma mais saudável e eficiente, a conectividade tem um papel dos mais relevantes, tendo em vista que reduz custos e proporciona o uso estratégico de dados.

De acordo com Aquino, a conectividade vai potencializar e reduzir custos tanto de automação, como de internet das coisas e integração dessa massa de dados por toda a cadeia.

“Isso gera maior massa de dados e integração do processo, permitindo ganhos de eficiência e contingências mais robustas”, opina o presidente da FENOP.

A tecnologia como recurso para aumentar a eficiência e desburocratizar os portos

Aquino acredita que a tecnologia é essencial para integrar os processos entre todos os órgãos ajudantes, bem como dar estabilidade e simplificar os processos realizados nos portos.

Essa desburocratização, segundo o representante da FENOP, traz eficiência e qualidade das operações, permitindo que as cargas sejam processadas mais rapidamente e reduzindo o custo logístico do Brasil.

“As iniciativas do Governo Federal integrando as atuações dos órgãos intervenientes de comércio exterior serão incentivadas e aceleradas com as novas tecnologias. O Acordo de Facilitação do Comércio, que o nosso país é signatário, será incrementado com essa integração e tecnologias”, resume Aquino.

Com os portos investindo mais em tecnologia, todos saem ganhando. O transporte marítimo já se mostrou eficiente bastante útil em diversas oportunidades, servindo como alternativa para a logística das organizações.

Quer saber mais sobre essa modalidade logística? Então, confira agora o nosso conteúdo que apresenta a visão de especialistas sobre o transporte marítimo brasileiro.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar